NOTÍCIAS

Formação on-line sobre atendimento inicial no socioeducativo começa na quarta (25/5)
20 DE MAIO DE 2022


O atendimento inicial e integrado a adolescente a quem se atribua a prática de ato infracional será tema de formação on-line promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nos dias 25 a 27 de maio. O evento reunirá palestrantes nacionais e internacionais que abordarão a articulação intersetorial para implantação de Núcleos de Atendimento Integrado (NAI) e prevenção à tortura. Haverá, ainda o lançamento do Manual sobre a Recomendação 87/2021, com diretrizes e procedimentos ao Poder Judiciário para implementação e funcionamento dos Núcleos.

O curso será transmitido pelo canal do CNJ no YouTube e não é necessária inscrição prévia. A confirmação de presença será feita em formulário disponibilizado em cada dia do evento e garantirá certificado emitido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário. Profissionais do Judiciário, Executivo, Defensoria Pública, Ministério Público e organizações da sociedade civil são o público-alvo da iniciativa.

Confira a programação completa

Os painéis do curso foram divididos em três grupos gerais: Atendimento Inicial e Sistema de Garantia de Direitos; fluxo de atendimento e articulação intersetorial para implantação do NAI e prevenção à tortura e experiências dos NAI. Já o Manual estabelece fluxos interinstitucionais e procedimentos administrativos e judiciais para o pleno funcionamento dos núcleos, já implantados em 12 unidades da Federação.

O evento integra o calendário de formações do programa Fazendo Justiça, executado pelo CNJ em parceria com o Programa das Nações Unidas (Pnud) para superar os desafios estruturais no campo da privação de liberdade no Brasil.

Núcleos

O NAI oferta serviços de maneira holística a adolescentes, integrando os órgãos do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Segurança Pública e Assistência Pública em um só lugar. Esse aparato público está previsto no artigo 88 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a instalação de unidades e fomento a fluxos de atendimento é uma das 28 ações do Fazendo Justiça.

O atendimento inicial integrado busca preservar a dignidade desses adolescentes por meio do atendimento imediato, intersetorial e individualizado, considerando as particularidades de cada caso. “Os resultados implicam em rapidez na conclusão dos procedimentos judiciais, diminuição da lotação nas unidades de internação devido à racionalização das medidas protetivas aplicadas e facilidade para resolução de questões interinstitucionais como a diminuição com os gastos de deslocamento” explica o supervisor do Departamento de Monitoramento Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Medidas Socioeducativas do CNJ, conselheiro Mauro Pereira, que participará da abertura do evento.

Serviço

Curso de formação – Atendimento inicial integrado no sistema socioeducativo
Quando: de 25 a 27 de maio, das 14h às 18h
Onde: canal do CNJ no YouTube

Isis Capistrano
Agência CNJ de Notícias

Assista à formação pelo canal do CNJ no YouTube

Dia 25/5, às 14h

Dia 26/5, às 14h

Dia 27/5, às 14h

Macrodesafio - Aprimoramento da gestão da Justiça criminal

The post Formação on-line sobre atendimento inicial no socioeducativo começa na quarta (25/5) appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

Formação on-line sobre atendimento inicial no socioeducativo começa na quarta (25/5)
20 de maio de 2022

O atendimento inicial e integrado a adolescente a quem se atribua a prática de ato infracional será tema de...


Portal CNJ

Campanha #AdotaréAmor entrará em campo em 27 jogos do Brasileirão
20 de maio de 2022

Para marcar o Dia Nacional da Adoção, em 25 de maio, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contará em 2022 com a...


Portal CNJ

Justiça Federal define proposta de composição do Tribunal da 6ª Região
20 de maio de 2022

O Colegiado do Conselho da Justiça Federal (CJF) aprovou, durante a sessão extraordinária nessa quarta-feira...


Portal CNJ

Tribunal do PI inaugura salas de depoimentos especial em Altos e Campo Maior
20 de maio de 2022

A Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) inaugurou, no dia 12 de maio, duas salas de depoimento...


Portal CNJ

Novo painel monitora indicadores do PLS do Judiciário paraense
20 de maio de 2022

O novo Painel de Monitoramento de Indicadores do Plano de Logística Sustentável (PLS) do Tribunal de Justiça do...


Portal CNJ

Tribunal potiguar doa computadores ao Escritório Social de Pau de Ferros (RN)
20 de maio de 2022

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) doou, no início de maio, dois computadores ao Escritório...


Portal CNJ

Comissão interna do CNJ se engaja no combate à violência laboral no Judiciário
20 de maio de 2022

Como parte da mobilização do Poder Judiciário para enfrentar o assédio e a discriminação em suas...


Portal CNJ

Os desafios da Justiça na proteção do meio ambiente são pauta Link CNJ
19 de maio de 2022

A edição do Link CNJ trata desta quinta-feira (19/5), às 21h na TV Justiça, trata do programa “Poder...


Portal CNJ

Projeto contra superlotação em presídios avança com parceiros no Maranhão
19 de maio de 2022

Com o objetivo de organizar de forma permanente a ocupação nas prisões, garantindo ao Judiciário uma gestão...


Portal CNJ

Promoção de direitos sociais é tema de webinário nesta quinta-feira (19/5)
19 de maio de 2022

O debate sobre políticas judiciárias voltadas para a promoção de direitos sociais e a ampliação da...